Após Sheilla e Fabiana, Thaisa pode ser mais uma jogadora a voltar à seleção

thaisa

Thaisa sobre a seleção: “se disse que não penso, estaria mentindo” (Foto: Divulgação/FIVB

 

Por Saque Viagem
26 de agosto de 2019

 

A bicampeã olímpica Thaisa não fechou completamente as portas para a seleção feminina de vôlei. Uma frestinha segue aberta. Ou melhor, ficou maior após a central acompanhar as notícias do retorno de Fabiana e Sheilla à equipe de José Roberto Guimarães.

O último jogo que Thaisa fez com a seleção foi no Campeonato Mundial do ano passado, quando o time nacional caiu de forma precoce na segunda fase. Em abril passado, após ter feito uma boa Superliga com a camisa do Hinode Barueri, a jogadora voltou a ser convocada por Zé Roberto, mas pediu dispensa.

Thaisa explicou ao treinador que precisava descansar o corpo e a mente após vencer uma sequência de contusões: torção no tornozelo direito, lesão no ligamento e cartilagem, além de uma ruptura do ligamento lateral e de parte do menisco do joelho esquerdo.

 

 

“Se disser que não penso (na seleção), estaria mentindo. Penso sim. Mas acredito que o caminho até lá é focar no clube, treinar muito, fazer uma excelente temporada, me cuidar ao máximo… Aí sim dá para merecer estar de volta e poderei pensar em um retorno. Mas, até lá, tem um longo caminho pela frente”, falou a meio de rede.

O caminho já começou a ser percorrido em Belo Horizonte (MG), onde Thaisa vai jogar na temporada 2019/20. Desde o mês passado, a jogadora dá expediente na Arenas Minas. “Estou super ansiosa para estrear. Já estou há meses sem jogar e agora começou a dar saudades.”

Os principais desafios da temporada são a Superliga, com início em novembro, e o Campeonato Mundial de Clubes, em dezembro. Um bom trabalho na temporada de clubes pode significar um retorno à seleção às vésperas das Olimpíadas de Tóquio-2020.

E, se a convocação vier, Thaisa pode encontrar duas velhas conhecidas. “Sinto saudades delas demais, de treinar juntas, de jogar conversa fora. Me faz lembrar de todos os 11 anos, só de seleção, que jogamos juntas”, falou a jogadora, referindo-se a Fabiana e Sheilla.

 

Post a Comment

You don't have permission to register