Lavarini: “Temos condições de ganhar, mas não será fácil”

Por Saque Viagem - 31/03/2019 - 13h16 - São Paulo

Minas venceu todos os jogos que fez com o Osasco na temporada (Foto: Yuri Laurindo)
 
Adversários das semifinais da Superliga feminina de vôlei, Itambé/Minas e Osasco-Audax se encontraram três vezes até aqui na temporada 2018/19. Em todas elas, a equipe de Stefano Lavarini levou a melhor. Foram duas vitórias na fase classificatória da liga e uma na semifinal da Copa Brasil, competição vencida pelas minastenistas.

Apesar dos números favoráveis, o técnico italiano não vê vantagem na briga por uma das vagas para a grande final. “Ter ganho jogos da Superliga e da Copa Brasil não indica o que vai acontecer daqui para frente. Foram resultados de momentos em que a gente estava melhor. Não gosto de ficar pensando o que foram ou significaram aqueles resultados. Agora, é outro momento”, analisou o comandante.

De fato, as equipes vivem outra fase. O Minas ganhou ainda mais confiança após vencer o Sul-americano, Copa Brasil e Mineiro. Além disso, terminou a etapa classificatória na ponta. O Osasco, após um primeiro turno ruim, renovou as camadas da esperança ao vencer o Hinode Barueri nas quartas de final. No segundo dos três jogos, chegou a flertar com a eliminação ao tomar 2 a 0.

“O nosso time está bem, mas o Osasco também está muito bom e com ritmo de jogo intenso. Fez grandes batalhas contra o Barueri e, certamente, fará contra nós. O que passou já era. Ficar pensando naquilo que foi pode até nos atrapalhar. Isso não significa vantagem nenhuma. Somos um time muito competitivo e, assim, seremos novamente. Temos condições de ganhar, mas não será fácil.”

A primeira das possíveis três partidas entre Minas e Osasco começa às 21h30 desta segunda-feira (1°), na Arena Minas, em BH. O confronto tem transmissão do SporTV.