Por nova final, Praia Clube se atenta a poderio ofensivo do Bauru

Por Saque Viagem - 31/03/2019 - 15h22 - São Paulo

Praia Clube busca terceira final de Superliga (Foto: Divulgação)
 
Por duas vezes, o Dentil/Praia Clube sentiu o sabor de disputar uma final de Superliga feminina de vôlei. Em 2015/16, quase não viu a cor da bola contra o Sesc-RJ. No ano passado, deu o troco na trupe de Bernardinho e comemorou com a torcida de Uberlândia (MG) o primeiro título brasileiro.

Atrás do bicampeonato nacional, o time de Paulo Coco precisa superar a última etapa para estar no jogo mais esperado da edição 2018/19. Nesta segunda-feira (1°), as praianas encaram o Sesi Vôlei Bauru, dentro do ginásio Panela de Pressão, a partir das 19 horas.

Encaram também o poderio ofensivo do time que tirou o Sesc-RJ do caminho. Na partida que garantiu o Bauru pela primeira vez em uma semifinal, Tifanny e Diouf infernizaram a vida das cariocas e, juntas, contabilizaram 50 pontos em quatro sets disputados.   
 
 
 

“Estamos nos preparando para uma força de ataque muito forte do Sesi Vôlei Bauru. O time bauruense mostrou mais equilíbrio nas quartas de final e chega muito empolgado para essa semifinal”, avaliou o técnico Paulo Coco, cuja equipe passou pelo Fluminense nos playoffs.

No histórico de confrontos entre Praia Clube e Bauru, a equipe mineira jamais perdeu para as paulistas, nem mesmo em jogos amistosos. Se mantiver o retrospecto positivo, enfrenta na decisão do título Itambé/Minas ou Osasco-Audax.

“Nós também sabemos das nossas qualidades, possibilidades e temos que estar prontos para todas as situações. Precisamos responder a pressão do outro lado, tentando impor nosso jogo. Temos que focar nos detalhes e deixar as distrações de lado. Acredito que essa série será decidida nos detalhes”, afirmou Coco.

O SporTV transmite a disputa.