Thaisa sobre seleção: “Hoje eu não penso em voltar"

Por Saque Viagem - 19/04/2019 - 11h59 - São Paulo

A última competição de Thaisa pelo Brasil foi o Mundial do Japão (Foto: Divulgação/FIVB)
 
Ao menos por enquanto, a seleção brasileira não faz parte dos planos de Thaisa. Recuperada de uma grave lesão no joelho, e com boas atuações na reta decisiva da Superliga feminina pelo Hinode Barueri, a bicampeã olímpica optou por dar um tempo no time nacional. A decisão foi comunicada ao técnico Zé Roberto, que não incluiu o nome da atacante na primeira lista de convocadas divulgada na última noite.

"Hoje eu não penso em voltar para a seleção. Preciso dar um descanso para o meu corpo e a minha mente e poder fazer uma pré-temporada com calma. Quero jogar por mais tempo o máximo que eu puder. Com o ritmo de seleção, o tempo útil do meu joelho vai diminuir em muitos anos. É uma pegada forte. Hoje jogo e treino normalmente sem problemas, mas o acúmulo de treinos e jogos seria muito ruim para mim. Foi uma escolha minha", afirmou Thaisa.

A jogadora, que chegou a cogitar uma aposentadoria da seleção logo após os Jogos Olímpicos do Rio, em 2016, voltou a vestir a camisa amarela no ano passado no Campeonato Mundial de vôlei. Ainda em fase de recuperação da cirurgia no joelho, Thaisa teve uma participação discreta na edição japonesa. Diferente da última Superliga, quando voltou a exibir grande forma pelo meio da rede. Nas quartas de final, chegou a quebrar a barreira dos 1000 pontos de bloqueio.

Com o fim da temporada, a jogadora aproveita para descansar a mente. O corpo, porém, segue em atividade. "Mesmo estando de férias, já voltei a malhar e estou pegando pesado com personal, para fazer uma excelente pré-temporada. Quero voltar forte. E estou preocupada com o meu fortalecimento muscular. Estando na seleção a gente não consegue. Preciso também do descanso mental, que é o principal", completou Thaisa, que passou a representar o País durante o ciclo de Pequim-2008.